A visita as ruínas do Castelo Garcia D´ Ávila é um mergulho na história do Brasil e da Bahia. O castelo é uma das primeiras grandes edificações portuguesas em território brasileiro.


O litoral norte reserva bons passeios, além da tradicional ida a praia. A visita ao Castelo Garcia D`Avila é um deles. As ruínas ficam num local lindo, rendem fotos muito legais e proporcionam uma volta ao passado histórico do Brasil, logo no início do descobrimento. De Itacimirim, a distância é de mais ou menos 5 quilômetros. 
 
Erguido entre 1551 e 1624, o castelo é uma das primeiras grandes edificações portuguesas em território brasileiro e o único em estilo medieval de todo o continente americano. Sua construção aconteceu sob as ordens de Garcia D’Ávila, almoxarife do primeiro governador-geral, Tomé de Sousa, que desembarcou na Bahia para fundar a cidade de Salvador. 
 
Desde 1938 foi designado como Patrimônio Mundial, e hoje é um misto interessante de museu e parque. A Capela de Nossa Senhora da Conceição, na frente do castelo, é bem conservada porque ainda é usada pela comunidade local. Nas ruínas do Castelo, o passeio pelo piso superior é feito por passarelas de aço, já que a escada e o piso não existem mais. A vista é belíssima. 
 
No Centro de Visitantes, uma maquete mostra como era a edificação completa e é possível ver pequena amostra de ossadas e utensílios encontrados nos estudos arqueológicos do local, como louças e talheres. Vale lembrar que o castelo foi usado não apenas com fins militares de proteção, mas também como residência da família Ávila até ser abandonado em 1835. 
 
O local tem amplo estacionamento e o acesso é pago. A área é mantida pela Fundação Garcia D´Avila, proprietária do Castelo. Se você estiver hospedado por perto, uma maneira emocionante de se chegar ao castelo é de quadriciclo, passando por trilhas em meio à mata Atlântica da Reserva Ecológica da Sapiranga. É uma passeio imperdível em família!

Conheça nossas ofertas para o feriado Corpus Christi